12/07/2018 | Eleições 2018

Parcial da prestação de contas da campanha: sabia que é possível automatizar a entrega?


Por Guilherme Anderson Sturm
CEO and Founder
Tempo de leitura: 2 minutos

Imagine o cenário: você é um pré-candidato ou faz parte da equipe financeira de uma campanha política. Para quem faz parte do mundo da política, sabe que a correria é algo fora de série. É problema pra resolver para ontem, é contratempo de última hora que precisa de atenção, são imprevistos a todo o momento. E por mais que haja planejamento e estratégias, os empecilhos acontecem. E como!

E no meio dessa correria toda, tem os prazos e as obrigações legais: com data e hora para serem realizados. Imagina, em plena campanha, ficar devendo informações à Justiça Eleitoral?

E uma das datas importantes já deve ser anotada: a entrega da primeira parcial da prestação de contas de campanha. Nela, deve constar o registro da movimentação financeira ou estimável em dinheiro ocorrida desde o início da campanha até o dia 8 de setembro e deverá ser enviada à Justiça Eleitoral a partir do dia 9 de setembro.

 

 

Prestação de contas da campanha: sabia que o envio pode ser automatizado?

Já pensou que é possível automatizar o envio? 

Através de uma plataforma online, todos os processos que envolvem a prestação de contas podem ser automatizados, evitando stress e dor de cabeça em um momento tão importante para quem participa do pleito de 2018. 

 

E como fazer uma prestação de contas eleitorais online?

 

Com a plataforma da Essent Jus, o processo é rápido e fácil. Confira os passos: 

- O primeiro passo é scanear ou tirar fotos dos documentos que compõem a prestação de contas;

- Subir os documentos na plataforma da Essent Jus;

- Logo após, os documentos são lançados para o controle financeiro da campanha;

- Após os lançamentos dos dados, ocorre a integração da plataforma com a conta bancária do candidato; 

- Em seguida, os arquivos serão conferidos por um auditor, especialista no assunto;

- Os dados financeiros alimentarão um painel de indicadores;

- Tudo poderá ser acompanho de perto pela equipe e pelo próprio candidato:  quantias arrecadadas, gastos, contas a pagar e receber;

 - Garantia na aprovação das contas; 

- Suporte em tempo integral da equipe Essent Jus. 

 

Não corra o risco de perder o prazo de uma obrigação legal em plena campanha eleitoral!

A palavra é automatizar!

COMPARTILHE:
MATÉRIAS RELACIONADAS
12/12/2017 | Eleições 2018

Gastos de pré-campanha: evite contratempos com a Justiça Eleitoral

Aqui no blog temos falado bastante do período da pré-campanha e as ações pontuais que devem ser realizadas neste período. Afinal de contas, todo o período que antecede o dia 16 de agosto de 2018, pode ser com...
05/02/2018 | Prestação de Contas

Resolução TSE 23.553/2018: arrecadação e aplicação de recursos para as eleições

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou nesta semana, a Resolução 23.553/2018 que disciplina a arrecadação e aplicação de recursos por partidos políticos e candidatos para as eleiç&otild...
20/02/2018 | Prestação de Contas

ALERTA: Seu partido recebeu doações de cargos de chefia e direção em 2017?

É chegada a temporada das prestações de contas partidárias. Simm, período de muita correria para as siglas. É preciso organização desde já para que não haja surpresas em abril de 2...
08/03/2018 | Prestação de Contas

TSE na mira da arrecadação e gastos de campanha

A corrida eleitoral de 2018 já começou. Mas partidos e candidatos precisam ficar atentos: o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Fux, vai mudar a análise dos dados de arrecadação e gastos de campanha...