23/08/2017 | Prestação de Contas

Essent Jus: uma gestão digital para partidos políticos


Por Essent Jus
Assessoria de Comunicação
Tempo de leitura: 4 minutos

Uma empresa contábil sem escritório: assim é a Essent Jus - uma plataforma digital para automatizar a gestão legal e a gestão financeira de partidos políticos. Totalmente online, o seu objetivo é facilitar e tornar mais transparente o cumprimento das exigências legais e o controle das finanças dos partidos políticos. 

Passo a passo da plataforma  

O funcionamento é bastante rápido e simples. Ao acessar o serviço, é necessário fazer o upload dos documentos, seja por meio de fotos ou digitalização. Feito esse processo, basta lançar os documentos na plataforma – que serão validados por uma equipe de auditores, especialistas com quase 20 anos de experiência no assunto. Os dados financeiros são conciliados eletronicamente com a movimentação bancária dos partidos e alimentarão um painel de indicadores financeiros, permitindo o acompanhamento em tempo real pelos diretórios e pela coordenação dos partidos. 

“Com essa forma de trabalho, eliminam-se grandes volumes de documentos impressos, tornando a gestão partidária, seja de suas finanças ou de suas obrigações legais, um processo rápido, seguro e organizado. Hoje estamos no bolso de nossos clientes, com disponibilidade imediata, em tempo real. Uma empresa digital para exigências digitais. Somos uma empresa contábil sem escritório, seguindo a tendência de instituições como o Nubank por exemplo. Ganhamos um dinamismo desproporcional ao praticado no mercado em geral”, destaca o CEO e Founder da empresa, Guilherme Anderson Sturm. 

A startup conta com aporte financeiro da Wow Aceleradora, de Porto Alegre, além do apoio inicial da incubadora Horizonte Ambiente Empreendedor, de Horizontina, interior do Rio Grande do Sul.

 A relação com os clientes

Com a funcionalidade sendo conhecida pelos clientes, não demorou muito para que os partidos políticos indicassem a plataforma para seus partidários ou até mesmo, para outras siglas. Foi o caso do Partido da República (PR), do Rio Grande do Sul. “Recebemos uma indicação e nos interessamos pela Essent Jus. Ao utilizar a plataforma, nos sentimos muito seguros, pois estabelecemos uma relação de confiança com a empresa, além de melhorarmos de forma considerável a organização financeira do partido”, afirma Enilto dos Santos, tesoureiro do PR/RS.

Com o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB/RS) não foi diferente. Seguindo as novas exigências de digitalização da prestação de contas da Justiça Eleitoral, o partido não pensou duas vezes para também automatizar sua gestão. “Utilizamos a plataforma deste janeiro de 2017 com o objetivo de modernizar nossa gestão. E é isso que estamos conseguindo, ao utilizar um processo transparente, preciso e totalmente digital”, diz Christian Wise Lemos, secretário executivo do PSDB/RS. O Partido Progressista (PP/RS), preocupado em melhorias para atender o SPED Contábil no RS, desde maio já pode acompanhar a evolução e a organização da gestão dos recursos da sigla com a utilização da plataforma. 

Em setembro: lançamento do Robô de Arrecadação

Ser referência nacional no mercado de gestão legal e financeira, e colaborar com uma nova forma de fazer gestão na política. Estes são alguns dos objetivos da Essent Jus para os próximos meses. Ainda durante setembro, a startup lançará uma nova funcionalidade na plataforma: o seu robô de arrecadação. Através da base de dados do partido, será possível entrar em contato com seus filiados, seja por e-mail ou SMS, para estimular a cultura de doação para os partidos políticos. Tudo de forma automática, o que praticamente dispensará a intervenção humana no processo. “O filiado que quiser contribuir com o partido não terá restrição de banco, por exemplo. Poderá doar valores pequenos, seja pelo cartão de crédito ou boleto. Tudo pelo smartphone, com recibo eleitoral e observando todas as exigências legais. Estamos fortalecendo a cultura da doação virtual. Oferecemos uma ferramenta que está à disposição de uma nova política”, ressalta Guilherme.

COMPARTILHE:
MATÉRIAS RELACIONADAS
31/08/2017 | Prestação de Contas

Automatizar a doação para partidos: conheça o robô de arrecadação da Essent Jus

É um tema recorrente no dia a dia dos partidos, mas não é tarefa fácil: como estimular que filiados e simpatizantes das siglas realizem doações? Como criar uma rotina de arrecadação que n&a...
08/09/2017 | Prestação de Contas

10 motivos para automatizar a prestação de contas do seu partido

Recibos e mais recibos, cumprir datas de entrega estabelecidas pela Receita Federal e pelo Tribunal Superior Eleitoral, além de controlar a conta bancária do partido. No dia a dia das siglas partidárias, as rotinas da área...
17/08/2017 | Prestação de Contas

Prestação de contas digital é tema de palestra do Ceo da Essent Jus durante evento regional do PSDB, em Santa Rosa/RS

Como os partidos estão se organizando em relação à obrigação do Sped Contábil? Como estão de adaptando ao novo modelo de prestação de contas digital? E o volume de recursos, &eacut...
13/09/2017 | Prestação de Contas

Por que ter um governo eletrônico?

Usar as tecnologias da informação para promover melhores serviços à sociedade e tornar transparente as ações de um governo. Sim, não há como os partidos políticos fugirem do e-gov: transp...