22/03/2019 | Prestação de Contas

Vídeo: o que você precisa saber sobre a DCTF 2019. Assista!


Por Essent Jus
Assessoria de Comunicação
Tempo de leitura: 3 minutos

Anote esta data: 25 de março. Este é o prazo final para que os partidos políticos entreguem a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) junto à Receita Federal.

Para explicar melhor o assunto, o CEO da Essent Jus, Guilherme Sturm, fez uma live sobre o tema.

 

ASSISTA AO VÍDEO AQUI! 

Sabia que é possível automatizar a entrega da DCTF 2019?

A não entrega da DCTF pode levar à inaptidão do CNPJ

 

Saiba mais sobre a DCTF

Um controle de contas a receber dos partidos perante à Receita Federal. De forma resumida, é assim que funciona  a DCTF -  obrigação legal na qual os partidos políticos informam os débitos tributários e seus respectivos pagamentos. 

Partidos que precisam entregar a DCTF uma vez ao ano

Mas o seu partido precisa entregar a DCTF agora em março? Se o seu partido não tem folha de pagamento, não tem funcionários e nem IRRF retido de prestadores de serviços, então é PRECISO entregar a DCTF agora em março.

E fica a dica: a grande maioria dos diretórios não possui débitos a declarar, então é preciso ficar atento para não perder o prazo de entrega desta obrigação legal. 

Para que serve a DCTF?

O objetivo da DCTF é conciliar os dados, ou seja, cruzar as informações relativas aos tributos informados por outras fontes/declarações, a ainda, relacionar esses débitos à informação de seu pagamento, como fosse uma conferência de contas a receber.

Prazo de entrega

O prazo de entrega da DCTF é sempre o 15º quinto dia útil do segundo mês subsequente à ocorrência do fato a ser declarado. Traduzindo: a entrega anual referente ao mês de janeiro de 2019 deve ser entregue no dia 25 de março. 

Multas em caso de atraso

Caso seu partido seja obrigado e não realizar a entrega dentro do prazo, sofrerá uma multa que pode variar entre R$ 200,00 (inatividade) e R$ 500,00 (situação normal). Se o valor for pago num prazo máximo de 30 dias, a multa poderá ter uma redução de 50%.

COMPARTILHE:
MATÉRIAS RELACIONADAS
14/08/2017 | Prestação de Contas

Como funciona o Fundo Partidário?

Ele contabiliza uma das principais receitas dos partidos políticos: sim, estamos falando do Fundo de Assistência Financeira aos Partidos Políticos, popularmente conhecido como Fundo Partidário. E como ele funciona? Confor...
16/08/2017 | Prestação de Contas

TSE e Tribunal de Contas realizam ação conjunta para examinar prestações de contas partidárias

Tribunais de Contas dos 26 estados e do Distrito Federal em trabalho conjunto com o Tribunal Superior Eleitoral para examinar as contas partidárias anuais. Este é o objetivo do convênio assinado na última semana entre o TSE...
17/08/2017 | Prestação de Contas

Prestação de contas digital é tema de palestra do Ceo da Essent Jus durante evento regional do PSDB, em Santa Rosa/RS

Como os partidos estão se organizando em relação à obrigação do Sped Contábil? Como estão de adaptando ao novo modelo de prestação de contas digital? E o volume de recursos, &eacut...
21/08/2017 | Prestação de Contas

Você sabia que existem regras para o uso do Fundo de Caixa?

Pagamento de gastos de pequeno vulto, total de saldo, limite de gastos: quais as regras para a correta utilização do Fundo de Caixa? Esta é a nossa pauta de hoje aqui no blog da #EssentJus. Começando pelo começo......